Aguarde, Buscando Vaga

10 destinos perfeitos para uma viagem solo

anúncios

Whitney Houston perguntou: “Para onde vão os corações partidos?” Viajar pode ajudar aqueles que querem seguir em frente, pois lhes dá a chance de ter uma visão renovada da vida. Sair de um lugar escuro não é fácil e, embora viajar não seja a solução rápida para qualquer problema, ajuda na cura. Para isso, seguir carreira solo às vezes é o caminho para uma nova perspectiva.


anúncios

Da Europa e Américas à Ásia e África, os viajantes individuais terão momentos enriquecedores, desde que estejam prontos para enfrentar o próximo capítulo de suas vidas. Ao consertar um coração partido, lugares encantadores de todo o mundo ajudariam na jornada.

10 Ilha de Niijima, Japão

A alongada Ilha Nii-jima pode ser um local de descanso para quem visita Tóquio e quer fugir da agitação. Afinal, ao consertar um coração partido, o exame de consciência em uma ilha parece atraente. Este destino é o playground perfeito para viajantes individuais que querem algo novo, como windsurf ou pendurar dez. Afinal, um dia de praia nem sempre deve ser sobre a areia da praia, pois as ondas e o vento podem trazer uma onda de adrenalina que deixará o turista à vontade.

anúncios

Relacionado: 10 destinos de inspiração japonesa nos Estados Unidos

9 Batanes, Filipinas

Há paz na província de Batanes, nas Filipinas, tornando-a um local ideal para se perder enquanto procura o centro. O relaxamento é fácil neste destino de tirar o fôlego, onde a honestidade é uma atração. A província insular é famosa por suas colinas, praias imaculadas, casas de pedra únicas e, o mais importante, pelos hospitaleiros locais. Quando em Batanes, fazer uma pausa é tentador porque para onde quer que os turistas olhem, há serenidade. De fato, neste destino filipino, a Mãe Natureza prova que simplicidade é beleza.

Relacionado: 10 das melhores praias das Filipinas para uma fuga tropical

8 Machu Picchu, Peru

Machu Picchu, no Peru, é mundialmente conhecida e faz parte da lista de desejos de muitos viajantes. Chamou o “Cidade Perdida dos Incas”, este destino sul-americano atrai turistas para sua impressionante exibição de arquitetura acima do Vale Secreto. Caminhar até ela é gratificante, principalmente ao chegar ao mirante onde a maravilha feita pelo homem complementa o verde da montanha. A UNESCO elogiou este impressionante Patrimônio Mundial como “provavelmente a mais incrível criação urbana do Império Inca”, evidente nas ruínas que permanecem grandiosas.

7 Valeta, Malta

A pequena nação insular de Malta pode não estar no radar da maioria dos turistas, e eles estão perdendo muito se estiverem se afastando desta nação europeia. A sua localização no Mar Mediterrâneo faz de Malta um local encantador para descontrair, com a brisa a atrair os turistas a explorar o rico passado e o colorido património do país. Aqueles que desejam uma introdução à magia maltesa devem explorar sua capital Valletta, um lugar tão charmoso que é patrimônio da humanidade. Na cidade, a história está bem preservada, com mais de 300 monumentos, o que a torna “uma das áreas históricas mais concentradas” do mundo.

6 Deserto do Atacama, Chile

Onde mais se perder senão em um deserto? E o Chile oferece o Atacama, o “deserto apolar mais seco.” Uma aventura na paisagem arenosa não é para todos, mas para aqueles que consertam um coração partido podem considerá-la, especialmente se quiserem experimentar algo novo ou estar em um novo ambiente, literalmente. As terras selvagens do deserto de Atacama atraem exploradores que desejam um tipo diferente de diversão sob o sol. Expostos à brisa úmida deste encantador chileno, os turistas terão a oportunidade de apreciar uma paisagem única e vivenciar momentos inigualáveis.

5 Circuito de Annapurna, Nepal

A montanha não julga, por isso quem quer vaguear – e questionar-se sobre as coisas – é sempre bem-vindo nos seus terrenos. Caminhar é uma maneira de refletir sobre as coisas que aconteceram, e os viajantes individuais também podem fazê-lo no Nepal. Um coração partido pode não levar os turistas ao pico do Monte Everest, mas eles têm o Circuito de Annapurna como alternativa. Considerada uma caminhada clássica, a rota de mais de 140 milhas pode ser percorrida por vários dias, cada dia oferecendo uma maravilha cênica do Himalaia. Ao longo do circuito de Annapurna, o único drama é o cenário dramático.

Relacionado: 10 destinos com neve na Ásia (além do Nepal)

4 Bali, Indonésia

A ilha de Bali é repleta de turistas devido ao seu charme tropical único e cultura colorida. Este destino indonésio atende àqueles que desejam um cenário repleto de maravilhas naturais e uma rica herança. A marca de Bali equivale ao paraíso, graças às suas praias imaculadas, intrincados templos hindus, cachoeiras majestosas, e um mundo subaquático repleto de vida. Ao explorar a ilha, os turistas não devem perder apresentações culturais não visto em nenhum outro lugar do planeta. Bali é assim: linda e abençoada.

3 Zanzibar, Tanzânia

O sol e o mar casam-se em Zanzibar, um encantador tanzaniano onde os momentos tropicais significam sorrisos sem fim. Quem quer estar em África mas não no seu deserto húmido deve dirigir-se a esta ilha, onde a história e a cultura são tão ricas como as suas maravilhas naturais. Viajar sozinho para suas praias intocadas inspirará os turistas a irem mais longe, tanto que eles podem se sentir tentados a participar de passeios de safári no continente. Antes de vasculhar a costa, os visitantes devem primeiro conhecer Stone Town, o distrito histórico da ilha e agora um Patrimônio Mundial. Depois, a brisa do Oceano Índico os levará a um paraíso tropical.

2 Queenstown, Nova Zelândia

Sua localização às margens do cristalino Lago Wakatipu e a vista deslumbrante de The Remarkables – uma cordilheira coberta de neve – fazem de Queenstown um lugar aparentemente saído de um cartão postal. As viagens de aventura e o ecoturismo estão em alta neste destino, que oferece o paraíso na já paradisíaca Nova Zelândia. Aqueles que querem uma descarga de adrenalina podem tentar rafting, esqui e snowboard, enquanto aqueles que consertam um coração partido e querem coisas suaves podem participar de um barco de pesca ou simplesmente remar na baía. Em Queenstown, viajantes individuais e grupos se sentirão reais.

1 Amsterdão, Países Baixos

A capital holandesa de Amsterdã tem o rio Amstel (de onde tirou o nome), portanto, quando os turistas estão explorando, podem fazê-lo a bordo de um barco. Flutuando por canais antigos, os visitantes serão levados a alguns dos edifícios mais bonitos da Europa. Os viajantes individuais em busca de alma neste encantador europeu irão desfrutar de seus museus que exalam inspiração. Seus marcos históricos são locais de aprendizado divertido, enquanto a terapia de compras aguarda aqueles com moolah extra. Amsterdã não é a cura para corações partidos, mas um lugar onde a felicidade vem fácil.