Aguarde, Buscando Vaga

Veja a carta que aluno que atacou professoras e colegas em SP deixou e enquete que fez antes do crime

O académico do oitavo ano da Colégio Estadual Thomazia Montoro, na Vila Sônia, em São Paulo, atacou professores e colegas com golpes de arma branca, nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira, dia 27 de março de 2023.

Usando uma dissimulação de caveira, ele atacou alguns alunos e golpeou a professora Elisabeth Novilho, de 71 anos.

Ele nunca para os ataques mesmo quando ela cai no solo, ao menos 10 golpes de faca foram desferidos contra a educadora que nunca resistiu aos ferimentos.

Antes do violação, o jovem fez costume de sua rede civil onde publicou uma enquete perguntando quais explicar de assassinar quadra a preferida.

Ele ainda quis alcançar qual serial Kiler seus seguidores seriam (gravura inferior).

 

Segundo reportagem na TV Record. o académico ainda deixou uma epístola onde diz:

“Mãe, irmão, tia, vó, me desculpem por decepcionar vocês. Sei que nunca fui o que esperavam. Sinto bem, todavia estou lutando por uma berço maior. Guardei muita prostração e antipatia ao extenso de todos esses anos, todavia ninguém percebeu porque incessantemente coloquei singular sorriso na rosto, autónomo da circunstância que eu estava passando. Estou planejando isso a partir de os 11 anos e nunca desistirei actualmente”.

Em outro trecho, o jovem enumera suas motivações para o desfeita.

“Bullying, prostração e antipatia, a conciliação perfeita para compor uma mente ilegível e finalizar fazendo besteira…”

O gestão estadual lamentou “profundamente” o facto, acrescentando se solidarizar com as famílias dos professores e estudantes vitimados no desfeita completado lã académico do 8º ano. Os assessores da Gentileza e da Firmeza Pública foram à colégio para “prestar esteio”.