Aguarde, Buscando Vaga

Um passeio gastronômico pelos sabores dos Andes e do mar

anúncios

Para os viajantes que amam viagens gastronômicas, um passeio gastronômico pelos sabores dos Andes e do Mar é uma ótima viagem a ser considerada. Do Peru à Colômbia, os viajantes são atraídos pela variedade de especiarias exóticas de cada região, frutos do mar locais e receitas antigas transmitidas de geração em geração. Uma viagem por esta paisagem fascinante não só agradará o paladar como proporcionará memórias inesquecíveis. Os viajantes com apetite podem embarcar em uma viagem que promete gastronomia requintada a cada parada.

anúncios

O VÍDEO DE VIAGEM DO DIAROLE PARA CONTINUAR COM O CONTEÚDO

Cordilheira dos Andes: onde a natureza e a alimentação se encontram

Imagem por rdlncl de Pixabay

anúncios

Vinhas no Chile

Amantes de viagens e gourmets encontrarão uma riqueza de delícias divinas para explorar nos Andes. Esta cordilheira de tirar o fôlego combina o melhor da natureza, cultura e história em uma paisagem inspiradora. A maior cordilheira continental da Terra se estende por mais de 7.000 km de sul a norte. Com mais de 160 km de largura e uma altitude média de 4.000 m, as pessoas têm a garantia de vistas incríveis em todas as direções.

Uma viagem por esta majestosa região leva você a sete países da América do Sul: Argentina, Chile, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia e Venezuela. Há algo extraordinário em todos os lugares em que se viaja nesta sensacional cadeia montanhosa que deixará os amantes de viagens e gourmets verdadeiramente inspirados.

Relacionado: 10 alimentos para adicionar à sua lista de baldes da Argentina

Super comida dos Andes: a origem da quinoa

A capacidade da quinoa de sobreviver – e até prosperar – sob condições ambientais extremas a tornou uma importante fonte de alimento por séculos. Este amado superalimento fornece nutrientes essenciais para a população local. O prazer da viagem será igualmente enriquecido ao saborear os sabores da terra e descobrir o verdadeiro prazer de comer estes grãos de altitude. Portanto, se o plano é viajar pela Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador ou Peru, aprender mais sobre a quinoa abre possibilidades culinárias até para os gourmets mais experientes. A região andina da América do Sul, de onde se origina a quinoa, tem muito a oferecer.

A quinoa é uma planta verdadeiramente notável que faz parte da dieta da região andina há séculos. Acredita-se que tenha se originado na área ao redor do Lago Titicaca, no Peru e na Bolívia, e desempenhou um papel importante no dia-a-dia das civilizações pré-colombianas como alimento básico. Referido como o “grão-mãe” (pelos incas), a quinoa foi usada ao lado de milho, abóbora, feijão, batata, e outras culturas para criar uma dieta nutritiva e variada.

Uma tigela de quinoa, legumes e feijão
foto por Shashi Chaturvedula sobre Unsplash

Uma tigela de quinoa, legumes e feijão

cozinha boliviana

Na Bolívia, o almoço é considerado a refeição mais importante do dia. É um ótimo lugar para quem busca inspiração culinária aliada a aventuras em viagens. Destaque para a culinária boliviana, com diversos pratos à base de carne, batata, arroz e ervas maravilhosamente picantes. Cada região oferece iguarias especiais que as pessoas devem experimentar. Nos Andes bolivianos, o locro é um prato popular. É um ensopado rico feito de ingredientes reconfortantes. Vai além de apenas uma combinação perfumada de abóbora, milho, legumes e carne. Em algumas áreas, é feito com papa chola, uma grande batata boliviana de casca vermelha conhecida por sua polpa amarela cremosa e sabor único. Se as pessoas quiserem algo mais simples, também podem comprar Empanadas na Bolívia.

empanadas
foto por WØM | Estúdio Criativo sobre Unsplash

empanadas

Há pratos simples para provar em casa para entrar no clima de viagem, e o Arroz con queso é um deles. É uma das melhores comidas da Bolívia, mas não é um prato padrão de queijo e arroz. Na Bolívia, é feito com queijo branco que combina sal e sabor quando adicionado ao calor. Tem uma textura cremosa, que lembra o risoto italiano, e é apenas um dos muitos pratos que a Bolívia oferece.

Relacionado: Quando se trata do melhor prato da Bolívia, esses alimentos icônicos estão competindo pelo primeiro lugar

Pratos incas antigos em Cusco, Peru

Cusco é a antiga capital inca no Peru e é um destino de visita obrigatória por sua comida e também por suas ruínas. Ao imaginar Cusco: imagine desfrutar de uma variedade de pratos exóticos, como ‘Cuy’ e ‘Pachamanca’, que remontam a esta cidade. O ‘Cuy’, um prato tradicional de cobaia, é imperdível. Mas se isso não for do seu agrado, há pratos como a ‘Pachamanca’, onde vegetais, carnes e temperos são cozidos no vapor na terra. Esta é uma bela maneira de celebrar todos os alimentos nutritivos da Terra.

Ainda mais encantadoras do que as receitas tradicionais são as opções modernas de comida de rua que tiram as pessoas das ruas de Cusco. Para aqueles que desejam uma rica experiência gastronômica que redefina o paladar e introduza um novo nível de sabores únicos, Cusco é o lugar certo. No entanto, há muito mais para tentar no Peru; por exemplo, ceviche ou pratos peruanos locais com alpaca. Para os amantes de coquetéis, um pisco sour peruano matará a sede.

Laranjas e frutas sendo vendidas em um mercado em Cusco, Peru
foto por Mauro Lima sobre Unsplash

Laranjas e frutas sendo vendidas em um mercado em Cusco, Peru

Relacionado: 10 pratos peruanos para experimentar no Peru (e onde encontrá-los)

Cozinha chilena dos Andes ao mar

O Chile é conhecido por suas aventuras terrestres e marítimas, bem como por suas diversas paisagens, desde o norte do deserto de Atacama até as planícies da Patagônia ao sul. Mas os viajantes aprenderam que ele também tem uma grande variedade de ofertas culinárias tão variadas e únicas. A culinária chilena abrange vários continentes e culturas, desde pratos tradicionais como empanadas (pastelaria frita) e cazuela de vacuno (sopa de carne) até criações modernas como robalo com crosta de quinoa. Vamos fazer um tour gastronômico pelos sabores da Cordilheira dos Andes chilenos e suas regiões costeiras.

Tradicional caçarola de porco chileno
Shutterstock

Tradicional caçarola de porco chileno

Comida na região andina do Chile

O Chile é o lar de culturas indígenas, e sua influência na culinária local ainda está muito presente hoje. Pratos populares incluem pastel de choclo (torta de milho), humitas (tamales de milho) e curanto (ensopado de frutos do mar). Para quem procura algo um pouco mais original, há também algumas especialidades regionais como o charquican (um guisado feito com batatas aos cubos, abóbora, abóbora, cenoura, frango ou vaca) ou patasca (sopa de tripas). Considere procurar o método tradicional Chilote (do sul do Chile) conhecido como Curanto. Este estilo de cozimento requer pedras aquecidas enterradas em um forno coberto com folhas de pangue e turfa, criando um sabor que é ao mesmo tempo defumado e suculento. Uma refeição Curanto surpreenderá as papilas gustativas e encherá os sentidos com o calor da tradição.

Preparação de pizza em Santiago do Chile O litoral: descubra frutos do mar chilenos

Enquanto isso, as regiões costeiras do Chile são conhecidas por seus pratos de frutos do mar, como machas a la parmesana (amêijoas com molho de queijo parmesão) ou piure con mariscos (purê de frutos do mar). Outros petiscos populares incluem empanadas recheadas com frutos do mar, picarones (donuts feitos com batata-doce e abóbora) ou pastel de jaiba (torta de caranguejo). Experimente os alfajores de maicena, que são biscoitos recheados com doce de leite para a sobremesa. Por fim, regue com um copo gelado de mote con huesillos, uma bebida refrescante feita com casca de trigo embebida em água e canela. Não importa onde as pessoas visitem o Chile, seja nas montanhas ou no litoral, com certeza haverá algo delicioso esperando. Outra vantagem do litoral são as opções de resorts all inclusive no Chile, que facilitam ainda mais três boas refeições locais por dia.